terça-feira, 11 de novembro de 2014

Os inventos!









Ultimamente não tem sido fácil sentar-me no computador para escrever o que seja... Tinha esta receita pendente há uns quantos dias e aproveito o descanso dos guerreiros cá de casa, que nos dias de piscina chegam rebentados e assim que se sentam no sofá aterram que nem passarinhos....

Olho para eles e penso: Não tenham pressa de crescer, porque há coisas que não têm volta atrás!


E pronto.... O tempo não anda mesmo para trás e este post com esta receita tinha que sair hoje, porque sim! Dentro de dias tenho que fazer, por motivos muito especiais, e como tal, não se podiam juntar.....


A paisagem pela Sibéria já mudou.... Os picos das montanhas já estão branquinhos e o frio está de volta.... E que frio... É nestas alturas que olho pró calendário e me lembro, que neste bendito sitío o Inverno começa quando ele quer e não quando tem que ser....


E se os dias de Outono/Inverno pedem forno ligado, esta receita de hoje é sem dúvida um motivo muito bom para o fazer.... Andava com uma ideia na cabeça desde que vi o desafio do Cocineros del Mundo, caso para dizer que estava com a cabeça como uma abóbora! E assim foi.... Com a cabeça como uma abóbora e um pão na cabeça, saiu uma coroa de brioche de abóbora, recheada com amêndoa!




Coroa de Brioche de Abóbora com Recheio de Amêndoa









Ingredientes:

Para o brioche:
- 800 a 900 gramas de farinha de pão**
- 400 gramas de puré de abobora*
- 100 gramas de açúcar amarelo
- 2 ovos
- 80 gramas de manteiga
- 100 ml de leite
- 11 gramas de fermento de padeiro (desidratado)
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de canela
- Raspa de uma laranja


* Para fazer o puré de abóbora, colocar a abóbora num recipiente que possa ir ao forno, com um pau de canela e uma casca de laranja. Cobrir com papel de alumínio e deixar durante 30 minutos a 200 ºC. Retirar e deixar arrefecer. Passar a abóbora por um passador de rede fina.


** A quantidade de farinha pode ser variável consoante o tipo de farinha que se use. Usei uma farinha com alto teor de proteína, mas esta receita pode ser executada perfeitamente, com uma T55 ou uma T65, ou até mesmo uma mistura das duas farinhas.


Para o recheio:
- 200 gramas de amêndoa moída com casca
- 200 gramas de amêndoa moída sem casca
- 100 gramas de açucar mascavado escuro
- 2 colher de café de canela


Execução:

Misturar o fermento com o leite morno e deixar repousar durante 10 minutos, para que desta maneira esteja activo.

Numa taça colocar o puré de abóbora, juntar os ovos, o açúcar, a raspa de laranja, a manteiga derretida e bater ligeiramente. Juntar a canela, o sal, e sem mexer, colocar a farinha no centro, seguida do fermento já activado com o leite do lado oposto ao do sal. Mexer com uma colher de pau ou com a batedeira até que a massa comece a despegar da taça.

Sobre uma superfície ligeiramente enfarinhada colocar a massa e amassar, até que se torne lisa e elástica. Colocar numa taça untada com óleo e cobrir com película aderente, deixando repousar até que duplique de volume.

Depois de levedar amassar a massa novamente de maneira a retirar todo o ar existente. Voltar a colocar na taça e cobrir, guardando toda a noite no frigorífico.


Para o recheio misturar a amêndoa com o açucar, a canela e juntar a manteiga derretida, mas fria. Mexer bem de maneira a obter uma massa homogénea. Reservar.


Sobre uma superficie enfarinhada colocar a massa e dividir em duas partes. Esticar cada uma delas num rectangulo de 40 x 50 e dividir o recheio pelas duas partes.

Enrolar pela parte maior e cortar ao meio o rolo. Entrelaçar as duas pontas formadas entre elas e enrolar de maneira a formar uma coroa.

Pincelar com um poco de ovo e polvilhar com açucar em pérola. Deixar repousar meia hora e levar ao forno a 200 ºC, durante 20-25 minutos, até que esteja dourado.

Retirar do forno e pincelar com doce de alperce para dar brilho. Servir morno ou frio.







Isto é o que dá não seguir nenhuma receita. Quando vi a massa quando a tirei do frigorifico fiquei super admirada, porque tinha crescido imenso. A única solução era mesmo fazer duas coroas. E para as adoçar ainda mais, colocar uma glace de canela!! Não precisa, mas eu achei que ficava giro.


Só vos posso dizer que o cheirinho que havia por casa nesse dia, era completamente inebriante.... Claro está para quem gosta da mistura canela/laranja, e neste caso a abóbora. E com estes sabores trago recordações do doce de abóbora que fazia em Portugal.....








Deixando-me de recordações e porque hoje não estou muito basta de palavras, é daqueles brioches que surpreendem. Super hiper mega fofo, o recheio contrasta na perfeição e os sabores são simplesmente perfeitos....

E como diz a minha filha, isto é que dá inventar!!!

27 comentários:

  1. Que delícia, Mena! Apetece provar não uma mas várias fatias.

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :) É bem verdade Ana!
      Mais do que uma!
      Beijinhos

      Excluir
  2. Olá :)....
    Excelente invenção :D.... Que aspecto divinal!
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Ficou linda as fatias esta uma tentação
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Que bueno Mena!!! Lo tuyo es de locura... delicia total de Brioche
    Gracias chata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sí.... Lo asumo... Lo mío es de locura, Victoria!
      Besitos

      Excluir
  5. Que invenção deliciosa e linda!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Como ficou linda a tua invenção! Adorei a Coroa de Brioche de Abóbora recheada de Amêndoas. Quero experimentar um dia destes, embora eu não seja especialista em massas lêvedas. Essa de descansar no frigorífico deixou-me muito curiosa. É que na minha aldeia dizem que com o frio as massas "arreganham" e não fintam.
    Não há como experimentar! Bjs. Bombom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bombom!
      É normal que digam isso das massas na tua terra, mas a massa ja sofre uma levedaçao antes de ir pro frigorifico e ao estar no frio a segunda fermentação tambem ocorre, mas mais lentamente!
      Experimenta e ja veras que funciona!
      Beijinhos

      Excluir
  7. Os meus pães e brioches preferidos são com abóbora, a massa fica deliciosa por muito mais tempo, não que aguente muito tempo por aqui sem ser devorada :) Ficou linda e consigo imaginar o cheiro e o sabor, mas o que adorava mesmo era comer essa fatia ;)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E fica super fofa, nao fica??
      Pois este durar, ate durou porque ficou enorme!! Mas as fatias desapareceram rapido!!!
      Beijinhos

      Excluir
  8. Ficou lindaaaaaa. Inventa menina que quando inventas só sai coisas boas!!!
    Bjoka
    Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a minha filha, ia discordar contigo!! Mas eu continuo a inventar!
      Beijinhos

      Excluir
  9. Delicioso es poco, se aprecia la textura y los ingredientes, y se me está haciendo la boca agua... y eso que yo soy de salados, pero en la tentación de tus dulces caería continuamente!!
    Besos Mena ◔◡◔

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Si tu eres más de salados y me lo díces de esa manera, tendré que pensar seriamente en tentarte!!!
      Gracias Victoria!
      Besitos

      Excluir
  10. Mena,

    olha que da tua cozinha só saem invenções tão boas.
    Já fiz pão de abóbora mas nunca brioche, claro que prefiro o último, e adoro o recheio com amêndoas, deve ser bem fofo e a combinação de sabores e aromas combinam tão bem com estes dias frios.
    Perfeita e com uma cor tão linda.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Esta nem preciso de comentar certo...?
    Absolutamente genial e magnífica mana!!
    Beijocas,
    Lia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente so faz coisas boas, né?
      Beijinhos

      Excluir
  12. Oláaa quero experimentar este teu folar mas tenho algumas duvidas:)
    Aqui vai
    O peso do pure da abobora que dizes é já em puré certo não é pesado em cru abobora pois não?

    Que farinha com amaior % de proteina usaste?

    O recheio diz levar manteiga mas nao dizes no recheio a quantidade é quanta?
    beijinhooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vanessa!
      Nesta receita usei farinha de pão, ou seja a que tem a maxima quantidade de proteinas. A marca que uso é espanhola e tem 14 gramas de proteína. Quanto ao puré de abóbora é o peso em puré!
      E sim, nao tenho mencionada a manteiga no recheio! Um despiste completo! Usei 100 gramas de manteiga!
      Espero que gostes!
      Beijinhos

      Excluir
    2. Obrigada Mena pela resposta:)))
      Vou tentar usar outro tipo de farinha espelta por exemplo nao se ira ficar tao bom mas veremos.....
      Em relação ao recheio vou fazer sem ou mudar pois nao sou amiga da manteiga apesar de achar que esse receheio deve ser uma tentação:)))

      Excluir
    3. Vanesa, tem em conta que a farinha de espelta tem muito pouco gluten. Ao menos usa uma mistura para que a massa fique fofinha.
      Quanto ao nao seres amiga da manteiga, sempre podes usar óleo de coco, ou entao uma compota de maça feita em casa.
      Beijinho

      Excluir